web analytics
26 Ago

Memória

Memória– A memória permite a capacidade de fixar, conservar e rememorar informação,experiências e factos. Podemos falar de várias fases da memória:

  • Sensorial ou imediata – Com a duração de segundos.
  • Primária, recente ou a curto prazo ou de trabalho –  Que dura segundos a minutos.
  • Secundária, remota ou a longo prazo – Prolonga-se desde minutos a décadas.

-Um aumento da memória (Hipermnésia), caracterizada por uma capacidade mnésica muito superior ao normal com uma facilidade exagerada em recordar. Pode ocorrer com a utilização de estimulantes do SNC (anfetaminas), nos estados febris, nas vivências relativas a situações limite (com a ilusão de reviver num instante toda a vida, nas perturbações obsessivas (interesse focalizado num tema), na perturbação de stress pos-traumático (memórias em flash de emoções intensas, invulgarmente claras, detalhadas e prolongadas- flashback).

-Redução da memória (Amnésias ou hipomnésias) – existe incapacidade parcial ou total de fixar, manter e evocar conteudos mnésicos. Podem ocorrer com uma base orgânica por exemplo nas demências (ver), ou ser psicogénica. Nesta ultima (amnésia dissociativa), o doente apresenta uma perda completa de memória e identidade, embora consiga desempenhar padrões de comportamento complexos e seja capaz de tomar conta de si próprio, havendo um contraste entre a perda de memória e a manutenção de uma personalidade intacta. Esta situação difere da amnésia de causa orgânica em que a amnésia total coexiste com uma incapacidade em tomar conta de si próprio.

error: Content is protected !!