web analytics
25 Ago

Perturbação Obsessiva-Compulsiva

Perturbação Obsessiva-Compulsiva – Perturbação psiquiátrica caracterizada pela presença de obsessões (ver) e compulsões (ver).

Muitas vezes surge em pessoas com a personalidade obsessiva-compulsiva (muito perfeccionistas, com uma necesseidade grande de controlo, grande preocupação com a limpea e arrumação).

Trata-se de uma doença que começa geralmente numa idade precoce e acompanha cronicamente os doentes que dela padecem. É de difícil tratamento mas em grande parte dos casos consegue-se uma melhoria significativa (embora que quase nunca desapareça completamente).

Tratamento

Pode ser feito através de psicofármacos ou através de psicoterapia.

O tipo de psicoterapia mais estudado e com melhores resultados na POC é a congitivo-comportamental. Os objectivos da psicoterapia são sobretudo as técnicas de afastamento das ideias obsessivas. Podem ser técnicas de distracção, de paragem de pensamento, associadas a técnicas de relaxamento. Um factor importante é que não se evitem as situações que estimulem o aparecimento das obsessões e compulsões, mas sim quando elas aparecem arranjar estratégias de as afastar.

O tratamento psicofarmacológico pode ser feito através de antidepressivos ISRS (ver) em doses altas ou antidepressivos triciclicos como a clomipramina (ver). Nos casos resistentes pode adicionar-se um antipsicótico em doses baixas (como a risperidona, por exemplo).

error: Content is protected !!